sexta-feira, 8 de abril de 2011

E as Deusas dançam...Por Carla Palmeira

Google Imagens

Os Gregos, os Romanos e até mesmo no ocultismo a sabedoria nas palavras é pertencente nesta ligação humana com a natureza. 

Quando eu era adolescente me interessei por uma das religiões mais antiga da humanidade, a Wicca, naquele ano em que comecei a ler sobre o assunto, quase ninguém conhecia do que se tratava, me sentia como as mulheres que eram queimadas na fogueira da inquisição  quando os olhares de alguns conhecidos caiam sobre mim ao ver os livros e as orações no meu quarto.  

Nesta religião a natureza está presente em tudo e os Deuses e Deusas são a maestria desta crença. 

Quando ouvi Mariana (nossa TPM Quindim) comentar o belíssimo tema, peguei no meu ombro e disse:

- É fato! Ártemis está em mim, na minha pele, bem representada por um desenho (tattoo) que transborda significados e marcas. Sou eu em um dos momentos de mais reencontro.

Conhecida também como a Deusa da Lua Crescente, descrita como donzela possuidora da serena luz e que também é guerreira,  de traços delicados e de força imensurável, lida com seus conflitos de culpa e de amor, assim como eu e como muitas que conheço ;)

Sinto-me mudar como as fases da Lua, alguns dias mais recolhidas outros dias tão expansiva que não sobra espaço para mais ninguém (risos). 

A dança com Ártemis sempre será eterna, somente com uma diferença, infelizmente ela perdeu Órion, o seu grande amor, já que o mesmo fora morto por sua flecha em uma emboscada criada pelo irmão ciumento. 
Em um ato de amor ela solicitou a Zeus, seu pai, que o imortaliza-se como constelação. Amores vão e vem, mas para ela foi diferente, optou por rende-se a um único amor.

As Deusas e os Deuses nos rodeiam, às vezes penso que na verdade rodeamos eles e por esse motivo nos inspiramos no seu modo de ser, somos uma mistura de sentimentos e desenhos que determinam nossa personalidades, mas temos aquele Deus ou aquela Deusa ao qual nos reportamos e que passamos a ser reflexo, é realmente uma dança de passos compassado marcada por alguns deslizes dependendo da hora em que se muda o ritmo.

Danço com Ártemis desde que me descobri como tal Deusa. 
E vocês? Nesta festa quem é o seu reflexo?
  








4 comentários:

Flávio Catão. disse...

Colé espelho?! O seu reflexo sou eu! Esqueceste?
;)

Lindo texto. Lembrei-me logo de ti quando li o post da Srta Alba. Mas resolvi omitir-me até você ler. Sabia que sairiam palavras doces!

Srta. Carla ou Deusa Artemis, obrigado por chegar e de alguma forma perplexa continuar e não sair mais!!
=)

Alba Querino disse...

Carlinha, eu sabia, eu sabia!!!! Tinha Ártemis na parada...rsrsrs aliás, eu fiquei depois do meu texto imaginando cada uma de voces e as deusas mais presentes...Temos todas, mas algumas tomam mais espaço...rsrsrs
Eu tenho um lado Artemis muito forte também, não é a toa que me intoco no mato e viro instinto de vez em quando...independente e toda lunar...rsrsrs Eu sabia!!!! uhuhhhh!

Lara Vic. disse...

eu tenho um pé na religião wicca e só não me jogo de cabeça porque não encontro meios. Me identifico com várias deusas, e, vira e meche sinto a presença delas em meu quarto. Me identifico com várias e gostaria de também relacionar meu estado e a Lua, mas ainda não fui chapaz.
Enfim, adorei o texto, parabéns!
bjs

Ricardo Sena disse...

Gosto de sempre passar por aquí e me alimentar um pouco dessa T.P.M. os temas vão de A a Z e é sempre uma surpresa que sai nessas almas femininas. Parabéns a todas!!!
Ricardo Sena