quarta-feira, 23 de março de 2011

Eu sou da tribo do Javier Bardem! Por Drix!



Sim meus caros ( "caros" porque temos Flavio e Liv, nossos queridos leitores varões ...até então os que conheço), eu sou é da tribo do Javier Bardem! Deus, me dá até calor! Bom,  eu não faço parte de porra de tribo nenhuma! ADOREI essa levantada de assunto de Alba. Porque eu penso que esse negócio de tribo, na minha cabeça, não tem NADA a ver. Nunca fui chegada a nenhuma! Sou meio Bianca Mascotinha: alternativa, poli, multi, maxi...sei lá! 

No colégio? Até a faculdade eu estudava em um de Freiras...pacatas até eu dar as caras. Eu era da turma delas, do carinha da cantina, dos arruaceiros, do carinha que vendia balas na saída, ou seja...eu era de todos! Na faculdade não foi diferente. Falava do cachorro até o filho do reitor, então...nada de grupos! E era ótimo porque sempre arrumava carona...esse era meu plano (muá rá rá)! 

Na boa? Nem tenho muito a escrever sobre esse lance de tribo. Não por falta de vontade, mas é porque vou me repetir porque minha idéia é só uma: tribo é para os que gostam de selecionar as coisas, de se colocarem em setores diferentes ou defeituosos (mesmo sem consciência plena disso). Não curto! Sem preconceito...podem aí criar suas Ongs Tribais...tô nem aí pra isso! Só tenho preconceito MESMO com a tribo do funk...É gente..eu ODEIO funk! Rumbora combinar? Ôô coisinha chata de ouvir, sem musicalidade NENHUMA! Mas isso já é outro assunto!

Apois, minha tribo se chama JAVIER BARDEM! =) 

11 comentários:

Carla disse...

Deus, me dá até calor! [2] ehehehehehehehe :D

Drix disse...

E não joguem água que é pra não estragar o climão né Carla? hahahah! As loucas!!! Obrigada pela leitura de sempre queridona!

Konijn disse...

Muito bom o texto. Fazer parte de uma única tribo é retrógrado.
E claro que entre as inúmeras tribos por onde se pode transitar, a da Penélope Cruz me parece muito atraente...hehehe.

Drix disse...

Hahahah! Claro...eu também poderia dizer que além do Javier Bardem, acho atribo da Hataway interessante também...hahahah! O que seria do mundo sem as tais alternativas? O que importa é que possamos sair dessa nóia de tribo e transitar por onde queiramos, sempre! Obrigadão pela leitura! =)

Barbara Galvão disse...

kkkk sempre muito espirituosa! Adorei o texto..e eu, sou como você! temos que ser de todos (no bom sentido, claro). Segmentação, só de mercado :P kkk
Bjus e Parabéns pelo site (:

Bia disse...

YEEEEES!
Viva a tribo do Javier Bardem!
beijos da "mascotinha" rsrsrs

Drix disse...

Aláááá as B's falando! hahaha. Bigadu Barbarets e Biazets! A leitura é sempre bem vinda. E logico que a gente tem que ser multi! Por isso que de cara combinei com seu pensamento Bi! Cheiro nas duas! =]

Carla Palmeira disse...

ain! só de olhar para ele derreto-me hummm

...Flávio. disse...

Ah fala sério...o cara nem é isso tudo para ter uma tribo dele!

=P

Beijos.

Ah! Ótimo texto Drix. Tirando a parte da tribo desse carinha ai! haha

Alba Querino disse...

Drix! Drix! Drix!!
Politribadas, sim!

Drix disse...

Flavete, posso por a foto de Malvino Salvador que vai me causar o mesmo efeito e eu vou querer participar da tribo também...hahaha! Posso trocar a foto se você assim o quiser! hehehe...Obrigada querido pelo comentário! =]

Sim Albete! Somos poliiii... desde que eu não me sinta um pólen para ser colhida por uma abelha saltitante qualquer... heheh! Cheiro queridoooona!